ERROS REFRATIVOS

Miopia

      A miopia é o erro refrativo mais comum e, acomete cerca de 25% da população. Ela pode ser hereditária e com freqüência é identificada em crianças quando elas têm entre oito e doze anos de idade. Um olho míope é mais longo que o normal, portanto as imagens focalizam-se em frente da retina, ao invés de estarem sobre ela, o que seria o normal.

Hipermetropia

      A hipermetropia ocorre quando o olho é mais curto do que o normal. Esse formato faz com que as imagens sejam focadas atrás da retina em vez de na própria retina.

     Pessoas hipermétropes normalmente têm a visão embaçada para pert, mas dependendo do grau e da idade a visão pode ser embaçada a qualquer distância a menos que façam um esforço constante para manter o foco, o que pode causar
tensão, dores de cabeça e fadiga ocular.

Astigmatismo

      Para as pessoas que sofrem de astigmatismo, todos os objetos - tanto próximos como distantes - ficam distorcidos.

          As imagens ficam embaçadas porque alguns dos raios de luz são focalizados e outros não. Isso ocorre geralmente por uma diferença entre as curvaturas da córnea.

Visão Normal

Visão com Miopia

Visão com Hipermetropia

Visão com Astigmatismo

Tratamento dos Erros Refrativos - Cirurgias Refrativas

          Muitas pessoas acreditam que só quem tem miopia pode fazer a cirurgia de correção da visão. Da mesma forma, acreditam que o LASIK é a única técnica existente para essa correção. Na realidade, existem muitas outras técnicas para melhorar a visão (também chamadas cirurgias refrativas).
"Cirurgia Refrativa" inclui qualquer procedimento que reduza o "grau" do paciente, seja ele de miopia, hipermetropia ou astigmatismo. Estes procedimentos têm por objetivo diminuir a dependência dos óculos ou lentes de contato, e representam um extraordinário avanço no campo da oftalmologia.

 

Cirurgia a LASER

          Nessa técnica, o LASER é utilizado para modificar a forma da superfície ocular (córnea), de forma a alterar o modo como o raio de luz entra no olho e chega em foco na retina.
Técnica LASIK - Trata miopia, hipermetropia e astigmatismo. O cirurgião corta e levanta a porção anterior da córnea (flap de cerca de 160u), aplicando o LASER na parte restante da córnea. Ao final da cirurgia, o flap é reposicionado. A técnica LASIK geralmente leva cerca de 8-10 minutos por olho e é realizada com anestesia tópica (só colírios).

           Técnica PRK, LASEK ou EPI-LASIK - Similares ao LASIK, também tratam miopia, hipermetropia e astigmatismo, com a diferença de que o LASER é aplicado diretamente na superfície da córnea, sem cortes. Por isso, é a técnica de escolha quando a córnea do paciente é muito fina, ou quando a quantidade de grau é maior do que o que pode ser corrigido com segurança através da técnica do LASIK.
 

Implante de Lente Intraocular

         Implante de ARTISAN - São lentes de grau, implantadas dentro do olho (fixas na íris), utilizadas com sucesso para tratar altas miopias e hipermetropias. Não depende da espessura da córnea, e ao contrário das lentes de contato, você não sente sua presença e elas não necessitam qualquer manutenção. Podem ser removidas se houver necessidade.

          Implante de Lentes Intraoculares Multifocais - São geralmente implantadas durante a cirurgia da catarata. Elas substituem a lente natural do olho (cristalino) quando este se torna embaçado e deve ser removido pelo cirurgião.

 

       As novas lentes com tecnologia multifocal existentes no mercado permitem que o paciente obtenha boa visão de longe, intermediária e perto sem a obrigatoriedade do uso de óculos. Por causa desta tecnologia, o implante de lente multifocal tem sido utilizado no mundo todo em pacientes com cataratas iniciais, para corrigir graus de miopia, hipermetropia e/ou presbiopia.

     É importante saber que os procedimentos refrativos não impedem as alterações oculares naturais que ocorrem conforme o olho envelhece. Mesmo após um procedimento refrativo, você poderá apresentar alterações maculares relacionadas à idade, por exemplo. Com exceção da cirurgia de implante de lente multifocal, mesmo as pessoas que fizeram a cirurgia refrativa irão desenvolver a presbiopia (perda da capacidade de foco para perto) por volta dos 40 anos, e irão necessitar de óculos para auxílio à visão de perto.

Instituto de Olhos Reynaldo Rezende Telefone para contato: (16) 3797-8777  /  (16) 3610-3033 /  WhatsAspp (16) 99611-4768| Email: atendimento@iorr.com.br Rua Vicente de Carvalho, 662 | Vila Seixas - 14020-040 |Ribeirão Preto - SP

Este site segue as normas de Código de Ética do Conselho Federal de Medicina. | Diretor Técnico Médico Dr. Reinaldo L. O. Resende CRM-SP 20.313